Regras

2020 Olympics Regras

O 4o Olympics Brasil será realizado no período de 10 a 14 de fevereiro de 2020 em São Paulo, tem como base o aperfeiçoamento das técnicas utilizadas com cães de trabalho por intermédio de palestras e competições com objetivos de avaliar a capacidade de trabalho do cão e competidor no cumprimento das tarefas solicitadas.
Neste evento serão realizadas as seguintes competições de:

  • Detecção;
  • Guarda e proteção;
  • Busca e captura;
  • Busca e salvamento;
  • Obediência;
  • Ataque lançado e a;
  • Física.

Regulamento:

Poderão participar das provas, todos os cães de trabalho, independente de raça, sexo (cadelas no cio só irão competir no final de cada prova) ou tamanho, desde que possuam as qualificações necessárias para a realização da prova no qual foi inscrita.

 Regulamento:

 

 Poderão participar das provas, todos os cães de trabalho, independente de raça, sexo (cadelas no cio só irão competir no final de cada prova) ou tamanho, desde que possuam as qualificações necessárias para a realização da prova no qual foi inscrita.

 

A competição de detecção será subdividida em:

  • Detecção de narcóticos
  • Detecção de explosivos

 

Detecção de narcóticos e explosivos.

As competições de narcóticos e explosivos serão divididas em:

  • Detecção em bagagem;
  • Detecção em veículos
  • Detecção em ambiente externo e;
  • Detecção em ambiente interno.

 

Critérios para avaliação de detecção de narcóticos.

  1. O competidor deverá informar ao juiz antes do início da prova se a marcação do cão será ativa ou passiva, caso o cão faça o inverso do que foi informado ao juiz, subtrai-se 02 pontos para cada odor encontrado.
  2. Cada odor encontrado terá peso de 10 pontos.
  3. Não serão permitidas recompensas odorizadas.
  4. Valerá como indicação apenas quando o competidor levantar a mão. Ele poderá levantar a mão com ou sem finalização por parte do cão, desde que haja uma mudança clara de comportamento e no momento que ela aconteça.
  5. O competidor só poderá premiar o cão, no caso de uma indicação, após sinalizar para o juiz e receber do mesmo a confirmação. Caso essa regra não seja respeitada, serão descontados 05 pontos no caso da indicação estar correta, ou 10 pontos no caso de ser falsa (-05 pontos pelo descumprimento da regra e – 05 pontos por ser falsa indicação).
  6. Para cada indicação falsa serão descontados 05 pontos.
  7. Cada odor não encontrado anulará automaticamente um odor encontrado. Caso o competidor não encontre nenhum odor na prova em questão, e ainda obtiver alguma marcação falsa; ficará com débito para o somatório das provas subsequentes.
  8. Se o cão urinar durante a prova serão descontados 03 pontos, se o cão defecar serão descontados 08 pontos.
  9. O tempo máximo para cada prova será de até 08 minutos, podendo ser um critério de desempate se necessário for.
  10. O cronômetro será disparado sobre ordem do juiz e somente então o competidor terá autorização para ligar o cão e iniciar a prova.
  11. 11.O cronômetro não será parado durante as premiações, quanto maior o tempo de premiação menor será o tempo de busca, ficando a critério de cada competidor o tanto de tempo que o mesmo irá gastar com a premiação ou se não premiará.
  12. 12.Para ligar o cão, será permitido mostrar o brinquedo usado como recompensa, mas não será permitido recompensar o cão antes da prova, caso isso ocorra a prova em questão será anulada.
  13. 13.Não será permitido uso de auxiliar para ligar o cão, caso isso ocorra a prova em questão será anulada.
  14. 14.No caso que o cão marcar próximo da fonte de odor havendo possibilidade de acesso à mesma, e o competidor levantar a mão; o juiz deverá informar ao mesmo que o cão está dando indicação antes de chegar na fonte de odor, permitido que o competidor decida se premiará o cão ali mesmo ou se insistirá para que o cão chegue até a fonte de odor. Para ambos os casos serão descontados 02 pontos. Está regra só é válida para uma distância de até 02 metros da fonte de odor.
  15. 15.O competidor poderá optar por fazer a prova com ou sem auxílio da guia, desde de que mantenha o cão sob controle, correndo o risco de ter a prova em questão anulada em caso de fuga ou correndo o risco de ser desclassificado da competição em caso do cão colocar em risco a integridade física das pessoas presentes.

 

Critérios para avaliação de detecção de Explosivos.

  1. Só será indicação passiva, caso o cão faça o inverso será desclassificado da prova em questão.
  2. Cada odor encontrado terá peso de 10 pontos.
  3. Não serão permitidas recompensas odorizadas.
  4. Valerá como indicação apenas quando o competidor levantar a mão. Ele poderá levantar a mão com ou sem finalização por parte do cão, desde que haja uma mudança clara de comportamento e no momento que ela aconteça.
  5. O competidor só poderá premiar o cão, no caso de uma indicação, após sinalizar para o juiz e receber do mesmo a confirmação. Caso essa regra não seja respeitada, serão descontados 05 pontos no caso da indicação estar correta, ou 10 pontos no caso de ser falsa (-05 pontos pelo descumprimento da regra e – 10 pontos por ser falsa indicação).
  6. Só será permitido uma indicação falsa por prova e será descontado 10 pontos se houver uma segunda indicação falsa será anulada a prova em questão
  7. Caso o competidor não encontre quaisquer odores será anulada a prova em questão.
  8. Se o cão urinar durante a prova serão descontados 03 pontos, se o cão defecar serão descontados 08 pontos.
  9. O tempo máximo para cada prova será de até 08 minutos, podendo ser um critério de desempate se necessário for.
  10. O cronômetro será disparado sobre ordem do juiz e somente então o competidor terá autorização para ligar o cão e iniciar a prova.
  11. 11.O cronômetro não será parado durante as premiações, quanto maior o tempo de premiação menor será o tempo de busca, ficando a critério de cada competidor o tanto de tempo que o mesmo irá gastar com a premiação ou se não premiará.
  12. 12.Para ligar o cão, será permitido mostrar o brinquedo usado como recompensa, mas não será permitido recompensar o cão antes da prova, caso isso ocorra a prova em questão será anulada.
  13. 13.Não será permitido uso de auxiliar para ligar o cão, caso isso ocorra a prova em questão será anulada.
  14. 14.No caso que o cão marcar próximo da fonte de odor havendo possibilidade de acesso à mesma, e o competidor levantar a mão; o juiz deverá informar ao mesmo que o cão está dando indicação antes de chegar na fonte de odor, permitido que o competidor decida se premiará o cão ali mesmo ou se insistirá para que o cão chegue até a fonte de odor. Para ambos os casos serão descontados 02 pontos. Está regra só é válida para uma distância de até 02 metros da fonte de odor.
  15. 15.O competidor poderá optar por fazer a prova com ou sem auxílio da guia, desde de que mantenha o cão sob controle, correndo o risco de ter a prova em questão anulada em caso de fuga ou correndo o risco de ser desclassificado da competição em caso do cão colocar em risco a integridade física das pessoas presentes.

 

Guarda e proteção

 Critérios para avaliação de guarda e proteção.

  1. O competidor desloca-se com seu cão para posição inicial, pré-determinada do campo, onde aguardam para lançamento do cão. Será feito uma encenação por parte do figurante antes do mesmo entrar dentro de um carro.
  2. O competidor deverá esperar pela autorização do juiz, (que será dada quinze segundo após o figurante entrar no carro) para lançar o cão. 2.1 O competidor deverá esperar pela autorização do juiz para ir retirar o cão
  1. Após a retirada do cão, o figurante saíra de dentro do carro em fuga (sem encenação) em uma direção pré-determinada. Assim que ele alcance uma distância também pré-determinada o competidor poderá lançar o cão. 3.1 O competidor deverá esperar pela autorização do juiz para ir retirar o cão.
  2. O cão que não morder ou abandonar a mordida está desclassificado.
  3. Vencerá o cão que demonstrar boa segurança, altos impulsos de caça e de luta, combatividade, prontidão, nervos fortes e estáveis, uma agressão bem canalizável e será utilizado o comando de larga terá peso apenas para critério de desempate.

 

Busca e Captura

Critérios para avaliação de busca e captura.

  1. O competidor desloca-se com seu cão para posição inicial, pré-determinada do campo, onde aguardam para lançamento do cão. Sob a ordem do juiz. Haverá uma pequena encenação por parte do figurante para ligar o cão. Logo em seguida o figurante adentrara a mata e deslocará para um esconderijo prédeterminado. Após o figurante adentrar a mata o competidor deverá esperar a autorização do juiz para lançar o cão. O tempo de espera será de aproximadamente um minutos e trinta segundos.
  2. O competidor poderá escolher lançar o cão sem ou com auxílio de guia longa (5,00m ou 10,00m). No caso de optar para o não uso da guia o competidor terá que manter o cão sob controle, correndo o risco de ter a prova em questão anulada em caso de fuga ou correndo o risco de ser desclassificado da competição em caso do cão colocar em risco a integridade física das pessoas presentes.
  3. Vencerá a prova o cão que encontrar e imobilizar o figurante de maneira mais rápida e eficiente, demonstrado segurança, altos impulsos de caça e de luta, combatividade, prontidão, nervos fortes e estáveis, uma agressão bem canalizável e muito autocontrole
  4. O comando de larga terá peso apenas para critério de desempate.
  5. O tempo máximo de prova será 08 minutos, sob pena de desclassificação quando ultrapassar o tempo de prova.

 Busca e Salvamento

Critérios para avaliação de busca e salvamento.

  1. O competidor desloca-se com seu cão para posição inicial, pré-determinada do campo, onde aguardam para lançamento do cão. Sob a ordem do juiz. Haverá uma pequena encenação por parte do figurante para ligar o cão. Logo em seguida o figurante adentrara a mata e deslocará para um esconderijo prédeterminado. Após o figurante adentrar a mata o competidor deverá esperar a autorização do juiz para lançar o cão. O tempo de espera será de aproximadamente um minutos e trinta segundos.
  2. O competidor poderá escolher lançar o cão sem ou com auxílio de guia longa (5,00m ou 10,00m). No caso de optar para o não uso da guia o competidor terá que manter o cão sob controle, correndo o risco de ter a prova em questão anulada em caso de fuga ou correndo o risco de ser desclassificado da competição em caso do cão colocar em risco a integridade física das pessoas presentes.
  3. Vencerá a prova o cão que de maneira mais rápida e eficiente encontrar e manter-se junto a vítima (figurante) sinalizando ao competidor sua posição.
  4. O cão que ficar em contato com a vítima (figurante) gerando incomodo será acrescentado ao tempo final de prova trinta segundos.
  5. O cão que abandonar a vítima (figurante) e retornar à mesma será acrescentado ao tempo final de prova um minuto.
  6. O cão que machucar a vítima (figurante) será desclassificado da competição.
  7. O cão que abandona a vítima (figurante) será desclassificado da competição.
  8. O tempo máximo de prova será 08 minutos, sob pena de desclassificação quando ultrapassar o tempo de prova.
  9. O tempo de busca será o último critério para desempate.

 

Obediência

Critérios para avaliação de Obediência. A prova de Obediência contém 07 exercícios, totalizando 100 pontos possíveis:

  1. Junto com guia 10 pontos

 O percurso será definido pelo juiz momento antes da prova, devendo obrigatoriamente conter conversões a esquerda e a direita, meia volta variação de velocidade, descolamento em grupo de pessoas podendo ou não envolver veículos motorizados ou não, e disparo de arma de fogo.

  1. Junto sem guia 20 pontos

 O percurso será definido pelo juiz momento antes da prova, devendo obrigatoriamente conter conversões a esquerda e a direita, meia volta variação de velocidade, descolamento em grupo de pessoas podendo ou não envolver veículos motorizados ou não e disparo de arma de fogo.

  1. Senta e fica 10 pontos

Distância e tempo a ser definido pelo juiz.

  1. Deita, fica e Aqui 20 pontos

Distância, tempo e necessidade de finalização a ser definida pelo juiz.

  1. Fica com distração 10 pontos

 A ser definido pelo juiz.

  1. Embarque e desembarque em caixa de transporte/ viatura com guia 10 pontos.
  2. Embarque e desembarque em caixa de transporte/ viatura sem guia 20 pontos.

 

Observações:

  • Para ligar o cão, será permitido mostrar o brinquedo usado como recompensa, mas não será permitido recompensar o cão antes da prova, caso isso ocorra a prova em questão será anulada.
  • Será permitido recompensa o cão ao termino de cada exercício após autorização do juiz, cada premiação descontará 02 pontos.
  • Será permitido correção moderada (subjetivo a interpretação do juiz). Cada correção verbal descontará 01 ponto. Cada correção no enforcador descontará 02 pontos.
  • Cada correção no colar de garras/grampos descontará 03 pontos, Correções abusivas resultarão em anulação da prova.
  • Colar eletrônico será permitido desde que o mesmo esteja desligado.

 

Ataque Lançado

Critérios para avaliação de ataque Lançado.

10.O competidor desloca-se com seu cão para uma linha central, pré-determinada do campo, onde aguardam para o ataque a distância. Sob a ordem do juiz, do outro extremo do campo. Haverá uma pequena encenação por parte do figurante para ligar o cão.

11.O cão que percorrer a distância pré-determinada em menos tempo e de maneira mais impactante, demonstrado segurança, altos impulsos de caça e de luta, combatividade, prontidão, nervos fortes e estáveis, uma agressão bem canalizável e muito autocontrole vencerá a prova.

12.Não terá peso nessa prova o comando de larga, portanto o competidor terá a obrigação de vir até o cão retirá-lo do figurante garantindo a segurança e integridade do mesmo e das pessoas a volta.

Bottom Logo

Prestamos serviços de adestramento, hospedagem, venda e locação de cães treinados, venda de filhotes, além da realização de cursos de formação para adestradores e condutores de cães de trabalho.

CONTATOS

Rod. GO 462, KM 04, Saída para Nova Veneza - Goiânia-GO
Fones: (62) 3536 5429 / (62) 9 9835-5429
Conheça nossas redes sociais, e acompanhe o dia a dia do nosso Canil